Google homenageia pioneiros da aviação

Google homenageia pioneiros da aviação

Alberto Santos Dumont e Amelia Earhart foram homenageados na home do Google, o maior site de buscas da Internet

Na sexta-feira, 20/07/2012, o Google comemorou a data de aniversário do brasileiro Alberto Santos Dumont. O inventor do avião, que completaria 139 anos nessa sexta-feira. O inventor brasleiro ganhou o Doodle da gigante de buscas no desenho em que aparece ao lado de sua mais conhecida invenção, o 14 Bis.

Santos Dumont também é considerado o inventor do dirigível e do ultraleve. É famoso, ainda, por ter popularizado o uso de relógios de pulso entre os homens e por lançar moda em Paris, no início do século XX, com seus característicos chapéus. Em 1906, ele foi o primeiro a decolar a bordo de um avião impulsionado por um motor a gasolina.

Durante a Segunda Guerra Mundial, Santos Dumont passou por um período depressivo ao presenciar o uso de sua invenção no conflito armado. Isso, e outras circunstâncias, acabaram levando à sua morte no Guarujá, em 1932.

Amélia Earhart, a primeira mulher a pilotar um avião sozinha, que completaria 115 anos se ainda estivesse viva nesta terça-feira (24), foi homenageada por doodle do Google. A imagem da página principal do site de buscas traz o nome da empresa nas asas de uma aeronave com Amélia posando do lado de fora.

Amélia fez história na aviação e se tornou pioneira por ser a primeira mulher que voou solo sobre o Oceano Atlântico. Grande defensora dos direitos do sexo feminino, escritora e vista como um ícone do seu tempo, ela nasceu em Kansas no dia 24 de julho de 1897. Foi apenas em 1920 que ela teve sua primeira experiência de voo, como passageira, mas a partir daquele momento, percebeu que faria daquela a sua profissão.

Seu grande feito aconteceu 12 anos depois. Aos 34 anos, na manhã de 20 de maio de 1932, Earhart partiu de Harbour Grace, Terra Nova. Após um voo de 14 horas e 56 minutos, no qual ela enfrentou fortes ventos do norte, gelo e problemas mecânicos, Amélia pousou em um pasto em Culmore, norte de Derry, Irlanda do Norte. Depois de fazer uma viagem transatlântica em 1923, apenas como auxiliar, ela se tornara a primeira mulher a efetuar um voo solo sem escalas através do Atlântico.

O feito lhe rendeu a “Distinguished Flying Cross” do Congresso dos Estados Unidos, a “Cruz de Cavaleiro” da Legião de Honra do governo francês e a “Medalha de Ouro” da National Geographic Society das mãos do presidente Herbert Hoover. Vieram também fama, sucesso e muito reconhecimento.

Apaixonada pela aviação, foi também pilotando que ela faleceu. Amélia desapareceu no oceano Pacífico, perto da Ilha Howlandm enquanto tentava realizar um voo ao redor do mundo em 1937. Seu corpo nunca foi encontrado e a pioneira da aviação norte-americana acabou sendo declarada morta no dia 5 de janeiro de 1939.

Saiba mais:

Fonte: G1

Deixe uma resposta

Powered by WP Robot

%d blogueiros curtiram isso: